Buscar
  • Nutr. Bruna Lazzeri

Alimentação por sonda e agora?

Principais causas para o uso de alimentação por sondas - > Os 3 não's


1. Não consegue:

A presença de tumores na boca ou na garganta podem impedir fisicamente a passagem do alimento, assim como o efeito da radioterapia, onde essas regiões podem ficar inchadas, doloridas e irritadas;

2. Não pode:

Engasgos frequentes, tosse durante as refeições podem ser sinais de que o alimento não está sendo transportado para "o lugar certo", ou seja, o alimento pode estar indo para o pulmão. Essa dificuldade na deglutição chama-se Disfagia e pode exigir alterações na consitencia dos alimentos e/ou dos líquidos ou ainda a suspensão completa da alimentação pela boca, exemplos: sequelas de AVE, Coreia de Huntigton, Doença de Alzheimer, ELA, paralisia cerebral, entre outras;

3. Não quer ou não come o suficiente:

A falta de apetite gerada por tratamentos de saúde ou o aumento das necessidades nutricionais, que muitas vezes tornam-se motivo de grande estresse para o paciente e para a familia podem ser complementadas por um período programado ou não com a alimentação via sonda. Exemplos: diversos tipos de câncer, fibrose cística, entre outras.


Meu familiar está com a sonda para alimentação e agora o que preciso fazer?

13 visualizações

©2020 por Nutricionista Bruna Lazzeri. Orgulhosamente criado com Wix.com